Reflexões

Eu desisti

março 22, 2017

Aquela garotinha insegura que apertava pontos da barriga pra ver se ela diminuía, que sofreu humilhações por ser gordinha e feia, que nunca soube o que era se amar, e que não conheceu outra vida a não ser a de tentar agradar os outros para ser aceita, está ficando pra trás.

Com o carinho que ela merece ser tratada, estou colocando-a no lugar onde ela deve estar. Porque ela não tem mais o poder que tinha sobre mim. Ela não falará mais em meu ouvido que só serei feliz quando estiver extremamente magra.
Ela nunca mais vai me dizer que só consegue ser feliz aquela mulher que exibe na praia um corpo totalmente definido. Ela não tem culpa, a fizeram pensar assim.

Uma vida acreditando que a felicidade dependia diretamente do meu peso, do meu corpo, da minha aparência. Que eu só seria alguém na vida se eu estivesse magra.

Tive inúmeras crises nesses últimos meses e não estava entendendo o motivo. Chorei muito e hoje vejo que tudo isso nada mais foi do que uma libertação. Sofri, mas saí do casulo.
O ego não me domina mais.
Matei de uma vez por todas esse fantasma que me acompanhava desde quando eu era criança. A obsessão pelo emagrecimento não faz mais parte de mim.

Durante toda a minha vida nunca consegui acreditar que uma pessoa acima do peso pudesse se amar.
Hoje eu acredito.
E acredito também que só quando a gente se ama de verdade é que conseguimos parar de maltratar nosso corpo como eu vinha fazendo. Ora com uma dieta onde eu deixava de comer inúmeras coisas que adorava, ora comendo compulsivamente.

Meu corpo está dentro do peso considerado normal e mesmo assim eu estava me odiando. Pensava que as pessoas estavam me achando “gordinha”, não ficava satisfeita com nenhuma foto, meu marido me achando maravilhosa e eu desejando os corpos sarados da internet.

Eu desisti.
Orgulhosamente falo: EU DESISTI!
A guerra acabou.
Ironicamente me sinto VITORIOSA!

E, antes que eu me esqueça: Quando se dirigir à uma criança, tenha sempre palavras afetuosas e que elevem a sua auto estima. Não fale nada negativo a respeito da aparência, nem de brincadeira. Você pode deixar marcas profundas na vida de alguém, escolha marcar para o bem! #bodypositive

Veja também

3 Comentários

Deixe seu comentário

  • Responder Débora março 22, 2017 at 17:13

    Paulinha, que lindeza!!! Fico muito feliz. Essa é uma libertação essencial para a vida, ainda mais no seu caso que além de ser maravilhosa, ainda está dentro do peso e come saudável, logo a saúde deve estar em dia tbm. Não precisa essa neurose toda. Mas só que isso é vc q tem que ver. Não é ninguém que precisa “abrir seus olhos”, pq isso não existe. Se você não enxerga, ninguém a fará enxergar!!!
    Tô no caminho, mas muito melhor hoje do que era ontem!!!

  • Responder Rafaela março 23, 2017 at 12:43

    Já tinha lido seu desabafo no instagram e achei muito corajoso. Realmente, somos aprisionadas por essa idéia fixa de emagrecer… eu também sou assim e não consegui me libertar ainda… Você não estava conseguindo perder peso com a low carb?

  • Responder Ana Paula março 23, 2017 at 14:02

    Que coisa linda de se ler Paulinha, te sigo a um tempão e raramente comento,mas curto tudo,porque sou sua fã. Me sinto exatamente como essa menina que você descreveu e ler o que você escreveu me faz repensar muita coisa. Obrigada por você existir e ser gente como a gente. beijos para a Pirulita mais linda desse mundo.